Connect with us

Destaque

Secretário da Seduc presta esclarecimentos de ações na Comissão de Educação

Publicado há

-

Siga-nos

FARMÁCIA DO POVO EM ALTO PARAÍSO, AQUI TEMOS FARMÁCIA POPULAR

Farmácia do Povo. localizada a Avenida Jorge Teixeira, 3720, nossos Disk entrega 69.9.9949.0418, 3534-2845 Alto Paraíso Rondônia, Farmácia do Povo avisa que tem a Farmácia popular!

CLÍNICA PSICOLOGIA BEM-ESTAR

ELÉTRICA RURAL

COMO SE PROTEGER DO CORONA VÍRUS

  • Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel,
  • Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir, use mascara ao sair de casa.
  • Evite aglomerações se estiver doente.
  • Mantenha os ambientes bem ventilados,
  • Não compartilhe objetos pessoais.
  • Prefeitura municipal de Alto Paraíso,
  • Secretaria municipal de Saúde.
  • DISK CORONAVÍRUS – 69-9-9206-0401

FONTE: GABINETE DA PREFEITURA

NATALIA GABALDO CIRURGIA DENTISTA

CONSULTÓRIO ODONTOLÓGICO ODONTORISO

Agendamentos 69 -9-9605-2929

ACIAP – Associação Comercial e Industrial de Alto Paraíso

ACIAP – Associação Comercial e Industrial de Alto Paraíso informa os novos horários de atendimento ao publico.

Segunda a Sexta Feira.

8:00 as 12:30 horas

13:30 as 17:00 horas.

Rua Marechal Rondon
Alto Paraíso (69) 99914-0818.

SELARIA COUNTRY, estamos atendendo em novo endereço. Avenida Jorge Teixeira número 3062, em frente ao supermercado Português.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Secretário da Seduc presta esclarecimentos de ações na Comissão de Educação

por Ana Carolina Custódio — publicado 29/07/2020 13h35, última modificação 29/07/2020 13h35
Suamy Vivecananda foi ouvido e disse que não há previsão para retorno às aulas presenciais
Durante reunião extraordinária da Comissão de Educação e Cultura (CEC), na manhã desta quarta-feira (29) na Assembleia Legislativa, conduzida pelo deputado Adelino Follador (DEM), com as presenças dos deputados Dr. Neidson (PMN) e Cabo Jhony Paixão (Republicanos), o secretário estadual de Educação (Seduc), Suamy Vivecananda, prestou esclarecimentos sobre as ações pasta em meio à pandemia.

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sintero), Lionilda Simião, e o representante do Sinprof Silvanildo dos Santos também participaram da reunião.

Entre os temas abordados, as projeções para o retorno às aulas presenciais, a implantação do Programa Ir e Vir, o plano de ação da Seduc e o que foi posto em prática, mesmo em meio à pandemia.

“A Seduc não parou, tivemos uma marcha até maior do que outros Estados do Brasil. Iniciando os trabalhos por aulas remotas tão logo as aulas presenciais foram suspensas”, disse Suamy Vivecananda, que entregou um resumo do que está sendo feito e do planejamento da pasta.

Piso

O primeiro ponto debatido foi o piso nacional do magistério. Em 2019 todos os professores receberam o piso, inclusive também fruto de um acordo com a Assembleia Legislativa, feito ainda em 2018. “É preciso que haja um cálculo atuarial, pois essas correções atingem muitos servidores e mexe com o Iperon, por exemplo. Quisera eu que fosse um rito sumário, mas não é assim”, ponderou Suamy.

De acordo com o secretário, “nesse momento de pandemia, a Seduc concluiu a parte de ajustes de tabelas e em agosto faremos o pagamento, acoplado com julho. Isso está acertado com a Sefin”.

A presidente do Sintero interveio, dizendo que “o piso é uma lei, inclusive aprovada nesta Casa. Não cabe ao Governo escolher quem vai receber, no nosso entendimento. Se está na lei, o que o Estado tem que fazer é cumprir com a legislação. O piso é o mínimo, para uma categoria com tão baixos salários. Foi uma grande luta para assegurarmos esse direito”.

Ainda segundo Lionilda, “na última reunião na Casa Civil, em 2019, já com a aprovação da lei complementar 031, aprovada nesta Casa, nos foi garantido que não teríamos problemas para a atualização do piso, cumprindo o que está previsto em lei. O MEC adiou o anúncio do piso nacional, mas isso não atrapalharia que o Governo fizesse essa atualização. Enviamos diversos ofícios para termos uma audiência com a Seduc, para tratar dessa e de outras questões, sem resposta. No começo do mandato, nos foi pedido um tempo para que a nova gestão se organizasse, e assim o fizemos”.

Em resposta, Vivecananda disse que “o piso garante que ninguém receba abaixo do valor ‘X’. Quem já está acima desse valor, não deve se mexer. O Governo entende que deve pagar a esses que estão abaixo e também contemplar aos que estão acima, observando a questão da irredutibilidade. O Estado continua estudando classe por classe, tabela por tabela, com um estudo minucioso”.

Sivanildo dos Santos declarou que “temos um entendimento conjunto com o Sintero. Nosso salário é baixo e é preciso uma política de valorização do trabalhador. Entendemos a dificuldade em relação aos cálculos, mas isso deve ser feito no começo do ano”.

Modelos

Suamy Vivecananda declarou que a pasta adquiriu mais de 3.500 computadores e que esse modelo híbrido deve seguir acontecendo. “Os professores da mediação tecnológica, tão combatidos, estão sendo ainda mais equipados, para oferecer um atendimento ao estudante cada vez melhor e mais eficiente”.

O secretário disse que o Sintero se posicionou contrário ao ensino remoto, no que foi rebatido pela presidente do sindicato. “Não é verdade! Não colocamos uma posição contrária ao ensino remoto. Mas, a pedido dos professores, cobramos melhores condições de trabalho aos professores e uma série de adequações que devem ser feitas, para não sobrecarregar os profissionais”.

Adelino citou que muitos professores precisaram investir em computador e em internet, para garantir as aulas. “Tem muitos desafios ao profissionais, nesse momento”.

O deputado também citou que muitas famílias enfrentam dificuldades para garantir que os filhos assistam às aulas. “Famílias com muitos alunos, com apenas um computador ou um celular para assistir aula, prejudicando muito. É preciso repensar e dar alternativas, para que os alunos possam ter um acesso às aula remotas e um melhor aproveitamento”, completou.

Projeto Ir e Vir

Adelino Follador quis saber sobre o transporte escolar, em especial sobre o Programa Ir e Vir. Segundo Suamy, 42 dos 52 municípios de Rondônia aderiram ao programa neste ano.

“Houve um avanço e temos a perspectiva de mais municípios integrados no próximo ano. É importante observar que cada municípios tem suas especificidades, tem uns bem extensos territorialmente e outros menores, cada um com suas dificuldades. Temos que fazer algumas adequações na lei, ao meu ver, que podemos discutir e avançar”, afirmou o secretário.

Aulas presenciais

Dr. Neidson questionou se existe a possibilidade para o retorno às aulas presenciais nesse ano. “Sim, mas não temos a data, pois depende da curva de contaminação e isso é definido pela Secretaria de Saúde. Temos um plano para a retomada das aulas, mas não sabemos quando isso será feito. Temos professores que são do grupo de risco e que não podem retornar às atividades. Para suprir essas carência, vamos ter que fazer a contratação emergencial”, respondeu Suamy.

Merenda

Adelino Follador quis saber sobre a distribuição do cartão da merenda escolar aos alunos. “No começo, distribuímos kits com alimentos, nem todos pegaram. Estamos trabalhando com os conselhos escolares para que aconteçam mais distribuição. É complexo, pois estamos num momento muito difícil para todos”, disse Suamy Vivecananda.

Segurança

A segurança nas escolas também foi debatida, com algumas ainda enfrentando casos de furtos. “É um investimento alto demais e temos tido uma diminuição do número de casos de furtos e de depredações nas escolas”.

O deputado Cabo Jhony Paixão (Republicanos), aproveitou para citar que a prefeitura de Lucas do Rio Verde (MT) decidiu derrubar os muros das escolas do município e colocar telas e iluminar.

“Essa medida reduziu as ações criminosas e sugiro que pelo menos uma escola pudesse ser adotado esse modelo, para fazermos uma experiência”, completou.

Ao final, Adelino Follador agradeceu a presença do secretário da Seduc e dos sindicalistas e pediu atenção especial para a questão do piso do magistério e outras ações debatidas.

Texto: Eranildo Costa Luna-ALE/RO

Foto: Marcos Figueira-ALE/RO

Compartilhe
Continue Lendo
Clique Para Comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe Seu Comentário

Agricultura

Governo do estado anuncia abertura do certame para construção da ponte na RO 459. Uma grande conquista para Alto Paraíso

Publicado há

-

A construção da nova ponte na RO 459 é uma realização que a população de Alto Paraíso e a prefeita Helma Amorim vem buscando incansavelmente, desde fevereiro de 2019, quando a ponte foi levada pela correnteza do rio.

A montagem de processo e viabilização da ponte, transcorreu por longo período, sendo que por diversas vezes, foi preciso contar com interferências políticas e lutas judiciais lançadas pela administração municipal. “Temos que comemorar esse grande passo que é a liberação do certame. A pouco tempo atrás, andávamos buscando soluções sem nenhuma definição concreta, só prazos e mais prazos sendo adiados”, ressaltou.

Vale ressaltar que com o surgimento da pandemia pelo COVID-19, agravou ainda mais os atendimentos emergenciais de saúde.

No acesso intermediário ao município pelo travessão B40 houveram desde o desabamento da ponte, graves acidentes com vítimas fatais. A economia do município foi gravemente prejudicada pela acessibilidade precária.

A prefeita Helma Amorim, relatou sobre todo os problemas que o município vem enfrentando com acessibilidade desde o desabamento da ponte, onde o socorro médico foi prejudicado, e emergências passaram a demorar mais tempo para o acesso a BR 364, para onde os atendimentos de média e alta complexidades são direcionados pelo estado.

O governo do estado de Rondônia, por meio da Superintendência de Licitações, tornou público nesta quinta-feira, 13 de agosto, a autorização de certame na modalidade concorrência pública, para construção de ponte de concreto pré-moldado no Rio Jamari, RO 459 (via de acesso ao município de Alto Paraíso pelo BR 364).

A estimativa de custo para a construção da nova ponte será de mais de R$ 9,2 milhões ao governo, com a execução sob a responsabilidade de Departamento de Estradas e Rodagens do governo do estado. A abertura do processo licitatório está marcado para o dia 17 de setembro de 2020, às 09h, na Sala de Abertura de Licitações, da SUPEL.

Fonte: www.altoparaisonoticias.com.br

 

Compartilhe
Continue Lendo

Agricultura

Alto Paraíso :Construção de Ponte em concreto pré-moldado protendido sobre o Rio Jamari, na RO-459, trecho: Entr. BR-364/Alto Paraíso, km 0,6, com extensão de 130,00 metros, no município de Alto Paraíso/RO, sob a Coordenação do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos – DER/RO. Valor: VALOR ESTIMADO: R$ 9.276.081,74 (nove milhões, duzentos e setenta e seis mil e oitenta e um reais e setenta e quatro centavos), DATA DE ABERTURA: 17 de setembro de 2020, às 09h.

Publicado há

-

Alto Paraíso : Construção de Ponte em concreto pré-moldado protendido sobre o Rio Jamari, na RO-459, trecho: Entr. BR-364/Alto Paraíso, km 0,6, com extensão de 130,00 metros, no município de Alto Paraíso/RO, sob a Coordenação do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos – DER/RO. Valor: VALOR ESTIMADO: R$ 9.276.081,74 (nove milhões, duzentos e setenta e seis mil e oitenta e um reais e setenta e quatro centavos).

AVISO DE LICITAÇÃO
CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº. 003/2020/CPLO/SUPEL/RO
A Superintendência Estadual de Compras e Licitações – SUPEL, através da Comissão Permanente de Licitações de Obras – CPLO, nomeada pela Portaria nº. 249/2019/SUPEL-CI torna público a quem possa interessar, que encontrase autorizada, a realização do certame na modalidade de CONCORRÊNCIA PÚBLICA, sob o regime de empreitada por PREÇO GLOBAL, e o tipo da licitação será o de MENOR PREÇO, na forma de execução indireta, tendo por finalidade a qualificação de empresas e a seleção da proposta mais vantajosa, conforme disposições no Edital.


consignando o que se segue:

CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº. 003/2020/CPLO/SUPEL/RO
AUTORIZAÇÃO PROCESSO Nº. 0009.263201/2020-98/FITHA/DER/RO
OBJETO: Construção de Ponte em concreto pré-moldado protendido sobre o Rio Jamari, na RO-459, trecho: Entr. BR-364/Alto Paraíso, km 0,6, com extensão de 130,00 metros, no município de Alto Paraíso/RO, sob a Coordenação do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos – DER/RO, discriminada no presente Edital.
Projeto/Atividade: 2106.1386, Fonte de Recurso: 0228 (FITHA/DER/RO), Elemento de Despesa: 44.90.51 VALOR ESTIMADO: R$ 9.276.081,74 (nove milhões, duzentos e setenta e seis mil e oitenta e um reais e setenta e quatro centavos).


DATA DE ABERTURA: 17 de setembro de 2020, às 09h.
LOCAL: Sala de Abertura de Licitações, da Superintendência Estadual de Compras e Licitações – SUPEL, sito a Av. Farquar s/n – Bairro Pedrinhas – Complexo Rio Madeira – Ed. Pacaás Novos 2º andar – CEP 76.903-036 – Porto Velho/RO – Fone 0 xx 69 3212-9263.
EDITAL: O Edital, Planilha Orçamentária, Cronograma Físico – Financeiro, Os Cadastros Técnicos (Memorial Descritivo/Projetos), referente à obra e demais atos convocatórios encontram-se disponíveis para conhecimento e retirada dos interessados no site da SUPEL (www.rondonia.ro.gov.br/supel)

 

Compartilhe
Continue Lendo

Destaque

A prefeitura de Alto Paraíso informa à população que na sexta-feira, 14 de agosto a Energisa estará interrompendo o fornecimento de energia elétrica em algumas localidades do município

Publicado há

-

Dia 14/08/2020 (Sexta-Feira)
ALTO PARAÍSO
Horário: 08h às 12h.
Local: Rua Patricia Marinho com Rua São Paulo.
Fonte: https://www.energisa.com.br/paginas/destaque.aspx?id=258

Compartilhe
Continue Lendo

Destaque

Prefeitura de Alto Paraíso informa a interrupção de energia elétrica em alguns locais na sexta-feira, 21 de agosto

Publicado há

-

Alto Paraíso 13 de Agosto 2020

A prefeitura de Alto Paraíso informa a população Conforme comunicado da Energisa que na sexta-feira, 21 de agosto a mesma estará interrompendo o fornecimento de energia elétrica em algumas localidades do município por horários específicos:


Na Rua Marechal Rondon, nº 3031, centro, o fornecimento ficará suspenso das 8 h às 12 h.
• Na Rua Rio Madeira, na quadra de esportes, alergia será desligada das 14 h às 18 h;
• Avenida Jorge Teixeira, 3939, centro, a suspensão do fornecimento de energia acontecerá das 14h às 18h.

Fonte: Decom

Compartilhe
Continue Lendo

Destaque

BOLETIM ATUALIZADO – ALTO PARAÍSO (COVID-19)- 12 de Agosto

Publicado há

-

BOLETIM ATUALIZADO – ALTO PARAÍSO (COVID-19)

O município de Alto Paraiso registrou nesta QUARTA-FEIRA (12/08) 214 casos de COVID-19.

O município destaca o aumento dos casos positivos e clama por atenção a população em manter as medidas necessárias de isolamento e segurança em saúde.

📎O município de Alto Paraiso registrou nesta QUARTA-FEIRA (12/08) 214 casos de COVID-19.🦠

📎Dos 214 confirmados, 179 pessoas já estão curadas, 31 em tratamento e 04 óbitos.

📎Já foram descartados em Alto Paraiso 474 casos suspeitos, 01 paciente internado e 15 aguardando resultado.

📎Não há nenhum paciente em Alto Paraiso internado decorrente do COVID-19.

A prefeitura pede atenção a população em que o município encontra-se na fase 02 de isolamento, com grandes possibilidades de ser enquadrada para a fase 01.

Fonte: SEMSAU

Compartilhe
Continue Lendo

Destaque

Governo divulga planejamento para retorno gradual das aulas presenciais em Rondônia

Publicado há

-

O Governo de Rondônia e seus parceiros do setor de educação e saúde apresentaram nesta quarta-feira (12), em Porto Velho, o Plano de Retorno às Aulas Presenciais, como instrumento de orientação de gestores das instituições de ensino públicas e privadas, alinhando medidas e protocolos para um recomeço gradual das aulas presenciais, deixando claro que se trata de um planejamento e não uma decisão para o retorno imediato das atividades presenciais nas escolas.

De acordo com o professor Valmir Souto, da Secretaria da Educação (Seduc), não há uma data definida para o retorno das aulas presenciais, e o Planejamento é um instrumento de apoio à tomada de decisão, objetivando o reinício gradual das atividades, com manutenção de um ambiente seguro e saudável para estudantes, professores, técnicos e comunidade, que dá autonomia aos municípios, para que cada um elabore seu lano plade retorno, adotando protocolos próprios, que considerem o regramento do Estado e município, com análise dos dados epidemiológicos da doença Covid-19 e orientações das autoridades sanitárias e de saúde competentes.

Importa esclarecer que o Plano com as diretrizes, segundo explicações da Seduc, é uma estratégia para o recomeço das atividades escolares presenciais, e não uma decisão de retorno, medida que só será possível com o aval dos órgãos de saúde e definição de etapas, para garantir que as unidades de ensino estejam preparadas e que há segurança para a comunidade estudantil, sem riscos visíveis de contaminação no ambiente escolar.

MEDIDAS E ORIENTAÇÕES BÁSICAS

O plano contempla todas as medidas e orientações para escolas, comunidades, professores e técnicos e para os alunos, para quando for possível retomar as aulas presenciais. No âmbito restrito das escolas, para alunos e professores as principais medidas são a higienização das mãos com água e sabonete líquido, antes e após a entrada no ambiente escolar (a escola se responsabilizará pela aquisição desses insumos), e a utilização de máscaras, conforme orientação da autoridade sanitária estadual, de forma a cobrir a boca e o nariz.

Plano contempla medidas e orientações para escolas, como a utilização de máscaras, de forma a cobrir a boca e o nariz

A comunidade educacional será convocada a seguir as regras de etiqueta respiratória para proteção, em caso de tosse e espirro; não cumprimentar com aperto de mãos, beijos ou abraços; respeitar o distanciamento de pelo menos 2m (dois metros) entre uma pessoa e outra; não compartilhar objetos de uso pessoal, como copos e talheres, materiais de escritórios, livros e afins, e evitar tocar nos olhos, nariz e boca sem higienizar as mãos, entre outras medidas.

A orientação para as escolas começa pelo cancelamento de atividades em grupo para evitar contato físico e qualquer tipo de contaminação; realização de aulas ao ar livre, utilizando os vários espaços externos da escola, sempre mantendo o distanciamento social; sinalização de rotas dentro da escola para que os estudantes mantenham a distância entre si; orientação prévia a estudantes, servidores e famílias quanto ao retorno, especialmente sobre os cuidados sanitários, e disponibilização de álcool em gel para higienização de toda comunidade escolar.

Na elaboração de Plano, para retomar as atividades escolares presenciais, quando for possível, o Governo de Rondônia, por sua Secretaria de Educação, contou com a parceria e o apoio fundamental de entidades, órgãos e organizações essenciais para o setor de educação, como a União Nacional dos Dirigentes Municipais (Undime), Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino (Sinepe), Conselho Estadual de Educação (CEE), Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Rondônia (Sintero), Sindicato dos Professores e Professoras de Rondônia (Sinprof), União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME), Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Agência Estadual de Vigilância e Saúde (Agevisa), Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Ministério Público Estadual (MPE).

O governador Marcos Rocha, que sempre defendeu a adoção de todas as medidas de enfrentamento e combate à Covid-19, disse que no caso da preparação das escolas para o reinício das atividades presenciais, quando for possível, a participação de todos esses órgãos e entidades na elaboração do Plano foi fundamental pela experiência e visão de cada um, de modo que o documento contempla todos as orientações e protocolos que nortearão as instituições de ensino para o funcionamento e desenvolvimento de atividades presenciais, além de ações de prevenção, minimização ou eliminação de riscos às atividades administrativas e pedagógicas das instituições.

A íntegra do Plano de Retorno às Aulas Presenciais, como estratégia para o recomeço seguro das atividades escolares presenciais, pode ser obtida acessando esse link, que define também, com critério, as regras de acolhimento de professores, funcionários, de estudantes e de sua família. “Este documento é também uma resposta do Governo de Rondônia no enfrentamento à Covid-19, que leva em conta a dignidade e a saúde de milhares de estudantes e da comunidade educacional de Rondônia que anseiam por este recomeço”, disse o professor Valmir Souto.

 

Compartilhe
Continue Lendo

Destaque

Registro de Câncer de Base Populacional foi intensificado em Rondônia

Publicado há

-

Registro de Câncer de Base Populacional foi intensificado em Rondônia

Em comemoração ao Dia Nacional de Campanha Educativa Contra o Câncer (4 de agosto), quando também se comemora o Dia Mundial de Combate ao Câncer, a Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), através da coordenadoria da Vigilância do Câncer, aproveitou a data para intensificar o Registro de Câncer de Base Populacional de Rondônia (RCBP) no Sistema Sisbasepopweb, junto aos municípios no Estado. Devido à pandemia do novo coronavírus, não foi possível realizar nenhuma comemoração alusiva a data.

O Sistema Sisbasepopweb é um sistema do Instituto do Câncer (Inca) e Ministério da Saúde, de base populacional, que faz o levantamento dos casos do câncer. Para contribuir e aprimorar as políticas de prevenção e vigilância do câncer e de seus fatores de risco, o Estado participa da Rede de Vigilância do Câncer através do Registro Hospitalar de Câncer (RHC) e do Registro de Câncer de Base Populacional (RCBP).

Cabe à Vigilância Epidemiológica do Câncer coordenar os dois programas e ações, bancos de dados e dar subsídios técnicos para a formulação de políticas públicas e relativas ao câncer.

De acordo com a coordenadora da Vigilância do Câncer da Agevisa, Rose Brito, atualmente 90% dos municípios de Rondônia estão fazendo parte da Sisbasepopweb e os primeiros dados estão em processo de coleta para o RCBP. “O Registro Hospitalar de Câncer está em disponibilidade de atualização no Site do Inca”.

CUIDADOS

Rose Brito faz um alerta para a população ter mais consciência e aderir a hábitos saudável para prevenção do câncer. “Precisamos de medidas de prevenção, tendo uma alimentação saudável, ter um peso corporal adequado, práticar atividades físicas. Não podemos exagerar nos doces e alimentos salgados, evitar o sol de meio dia e o mais preocupante, o fumo. Quando for ter relação sexual utilizar preservativo e realizar os exames periódicos, para as mulheres os preventivos anuais e para os homens exames de próstatas”, finaliza a coordenadora.

DIA NACIONAL

O dia 4 de agosto foi criado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), nesse dia especifico foi criada a União Internacional Contra o Câncer (UICC), que é a principal organização mundial não-governamental contribuindo com discussões e encontros científicos direcionados para políticas de câncer .

A UICC tem vários afiliados e o Brasil é o único país da América do Sul que faz parte, através do Ministério da Saúde e o Instituto do Câncer (Inca), onde foi implantado a Rede de Vigilância do Câncer.

 

Leia Mais:

 Registro de Câncer de Base Populacional dará subsídio para monitoramento e ações de controle da doença em Rondônia

 Mulheres destacam iniciativa inédita do governo de levar por meio da Seas exames de prevenção aos cânceres de útero e mama ao distrito de Cujubim Grande


Fonte
Texto: Elaine Barbosa
Fotos: Daiane Mendonça e Arquivo Secom
Secom – Governo de Rondônia

Compartilhe
Continue Lendo

Agricultura

PREFEITA HELMA AMORIM FISCALIZA OBRAS DE RECUPERAÇÃO DAS ESTRADAS RURAIS. MÁQUINAS ESTÃO NA LINHA 90 B 0 : FOTOS E VIDEO

Publicado há

-

PREFEITA HELMA AMORIM FISCALIZA OBRAS DE RECUPERAÇÃO DAS ESTRADAS RURAIS. MÁQUINAS ESTÃO NA LINHA 90 B 0

 

Compartilhe
Continue Lendo

Destaques

× Fale Conosco