Connect with us

Agricultura

Manutenção do DER na RO-459 garante melhor acesso ao distrito de Bom Futuro

Publicado há

-

Siga-nos

Farmácia do Povo

FARMÁCIA POPULAR
Localizada a Av. Jorge Teixeira, 3720.

Disk Entregas: (69) 99949-0418 e (69) 3534-2845.

CLÍNICA de PSICOLOGIA BEM-ESTAR

ELÉTRICA RURAL

DOAÇÃO Para HOSPITAL DE AMOR

Elétrica Rural

Zap (69) 98124-8358

ACIAP

Associação Comercial e Industrial de Alto Paraíso informa os novos horários de atendimento ao público:

Segunda a Sexta

de 8h às 12:30 horas e de 13:30 às 17h

Rua Marechal Rondon, Alto Paraíso RO

Zap (69) 98124-8358

PM de Rondônia

Ariprev

Zap (69) 98124-8358

Aprosoja

Uma entidade representativa de classe, constituída pelos produtores de soja e milho do Estado de Rondônia.

Muitas riquezas do Vale do Jamari, como minérios, a pecuária e a produção agrícola passam pelas rodovias primárias, garantindo o fomento econômico em Rondônia. Por isso, mesmo com o início das chuvas, os serviços de manutenção das estradas de Rondônia continuam. Exemplo disso, é mais um trecho da RO-459 que está sendo atendido pela equipe da 2ª Residência Regional do DER em Ariquemes, com os serviços de patrolamento, limpeza lateral, encascalhamento nos pontos críticos e valas para drenagem; melhorando a trafegabilidade nos 29 quilômetros que interligam o distrito de Bom Futuro à RO-457 e BR-364.

O diretor-geral do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes (DER-RO), Elias Rezende, destaca que mais de 40 frentes de trabalho, formadas por servidores e máquinas do DER, executam obras de manutenção de estradas em todas as regiões. “São inúmeras ações do Governo do Estado que acontecem por meio do DER nas estradas de Rondônia. No decorrer do ano, levantamento de diversos gargalos impediam uma melhor trafegabilidade e, com qualidade técnica e economia, nossas equipes seguem com a mão na massa para atender as determinações do governador, coronel Marcos Rocha, de melhorar a vida da população que anseia por uma rotina mais confortável”, frisa o diretor Elias Rezende.

TRAVESSÃO B-40 NORTE (RO-457)

O diretor-geral informa também que a RO-457, conhecida como Travessão B-40 Norte, que garante o acesso à BR-421, também recebeu manutenção do DER. “Foram executados os serviços de conformação da plataforma, homogeneização, umidificação e compactação do material, recomposição dos equipamentos de drenagem com limpeza, instalações de bueiros e cascalhamento”, destaca Rezende.

O residente regional de Ariquemes, Marcos Venicio Araujo Raposo informa que a equipe atendeu 23 quilômetros de estradas na principal via de acesso para o escoamento da produção agropecuária da região, com grande fluxo de veículos particulares, coletivos, de carga de soja, gado e cassiterita; os serviços atendem os municípios de Ariquemes, Campo Novo de Rondônia, Buritis, de Monte Negro à sede do município de Alto Paraíso, e distritos de Bom Futuro e Triunfo.

Fonte
Texto: Gabriela Mourão
Fotos: Arquivo DER-RO
Secom – Governo de Rondônia

Compartilhe

Agricultura

Amazonas suspende transporte coletivo e decreta toque de recolher Governo anunciou restrições no transporte de passageiros em rodovias e rios e o toque de recolher entre 19h e 6h

Publicado há

-

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), anunciou nesta quinta-feira (14) ações para enfrentar o aumento de casos de covid-19 no estado. Uma das medidas é a suspensão do transporte coletivo de passageiros em rodovias e rios e o toque de recolher nas ruas, em todo o estado, entre às 19h e 6h. Além das restrições, o governo incluiu o plano de abastecimento de oxigênio para as unidades hospitalares e remoção de pacientes para hospitais de outros estados.

Leia também: Vacinação no Brasil começa na quarta-feira, diz Pazuello a prefeitos

“Estamos montando também um grupo de apoio para esses pacientes e familiares que irão se deslocar para os outros estados. Esse primeiro grupo irá para o estado de Goiás, e outros grupos irão para os estados do Piauí, Maranhão, Brasília, Paraíba e Rio Grande do Norte. E aqui quero agradecer a esses governadores, que num gesto humanitário, estão estendendo a mão para que os nossos irmãos possam ser acolhidos nessas regiões”, afirmou o governador.

As ações são resultado de reunião com representantes do Comitê de Resposta Rápida – Enfrentamento Covid-19, composto pelos governos do estado, federal e municipal, após piora do quadro epidemiológico da covid-19 no Amazonas. Segundo o governador, a ampliação das medidas de restrição visa a proteção da vida das pessoas.

Justiça suspende realização do Enem no AM por causa da covid-19

  • Manaus decide não liberar escolas para Enem após avanço de covid-19

  • Covid-19 aumenta no AM e governo usa até leitos de maternidade
    SAÚDE

    Covid-19 aumenta no AM e governo usa até leitos de maternidade

“Estamos baixando um decreto suspendendo o transporte coletivo de passageiros entre as rodovias e os rios, exceto o transporte de cargas. Estamos também decretando o fechamento das atividades de circulação de pessoas, entre 19h e 6h da manhã, exceto atividades e transporte de produtos essenciais à vida. E aí teremos o funcionamento de farmácias, mas para entrega de delivery e entrega por demanda. A circulação de pessoas que trabalham em áreas estratégicas e essenciais como saúde, segurança pública e imprensa também fica assegurada”, disse Lima.

Plano de abastecimento

Em relação ao abastecimento de oxigênio nas unidades hospitalares, o governador ressaltou que todas as medidas para solucionar as dificuldades logísticas de abastecimento do produto, apresentadas pela empresa responsável, estão sendo adotadas junto ao governo federal.

De acordo com o Ministério da Saúde, o estado registra 219.544 casos, 184.732 recuperados e 5.879 mortes por covid-19. Além de ter o terceiro maior índice estadual de mortes pela doença  a cada 100 mil habitantes, abaixo somente de Rio de Janeiro e Distrito Federal. Foi também descoberta uma nova variante do coronavírus que, segundo pesquisadores, pode estar contribuindo para uma explosão de casos no Amazonas.

A ocupação dos leitos de UTI destinados a pacientes de covid-19 atingia 90,33% do total, enquanto os leitos clínicos para coronavírus estavam além do limite de ocupação, segundo boletim publicado na quarta-feira. As salas vermelhas, que recebem pacientes graves que serão posteriormente transferidos, tinham ocupação de 93,33% do total.

“O estado do Amazonas está tomando algumas providências relacionadas à questão do oxigênio. Nós já entramos com uma ação na justiça contra a empresa para garantir que ela abasteça em quantidade suficiente a rede hospitalar para atender nossos irmãos acometidos da covid-19. Desde a madrugada estou em contato com o governo federal, tenho conversado com o general Pazuello (ministro da Saúde), com o ministro da Defesa (Fernando Azevedo e Silva), com o general Heleno (ministro do Gabinete de Segurança Institucional), com outros ministros. O Planalto está mobilizado para que a gente possa superar esse momento o mais rápido possível. Nós estamos numa operação de guerra onde os insumos, sobretudo a questão do oxigênio nas unidades hospitalares, hoje, é o produto mais consumido diante dessa pandemia”, explicou o governador Wilson Lima.

Fonte r7

Compartilhe
Continue Lendo

Agricultura

SEMSAU – SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE ALTO PARAISO RONDÔNIA COMUNICA

Publicado há

-

SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE ALTO PARAISO RONDÔNIA COMUNICA, QUE PARA CONSULTAS, E TROCAS DE RECEITAS APENAS POR AGENDAMENTOS. DE SEGUNDA AS SEXTAS FEIRAS NA RECEPÇÃO DA UBS., LOCALIZADA NA AVENIDA JORGE TEIXEIRA AO LADO DO MERCADO MANO DOIDO.

FONTE: PSF URBANO

Compartilhe
Continue Lendo

Agricultura

Bolsonaro sanciona e pagamento por serviços ambientais agora é lei

Publicado há

-

Bolsonaro sanciona e pagamento por serviços ambientais agora é lei

O presidente vetou alguns trechos do texto, como os incentivos tributários a serem concedidos pelo Poder Executivo, pois trataria-se de renúncia de receita, sem apresentação de estimativa de impacto financeiro-orçamentário

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quarta-feira, 13, o projeto de lei (PL) que cria a Política Nacional de Pagamento por Serviços Ambientais. A proposta, agora convertida em lei 14.119 de 2021, estabelece remuneração e incentivos a donos de terra para manutenção da cobertura vegetal nessas áreas. O texto foi publicado nesta quinta-feira, 14, no Diário Oficial da União (DOU).

Com a lei, o governo poderá executar o pagamento direto aos serviços ambientais ou estabelecer outras medidas de remuneração, como melhorias sociais a comunidades rurais e urbanas e os títulos verdes (green bonds). Esses papéis são emitidos por empresas para captação de recursos destinados a financiamento de projetos com impacto ambiental positivo em diversas áreas, de reflorestamento a transporte público.

A política nacional será gerida pelo Sistema Nacional do Meio Ambiente (Sisnama), que reúne órgãos da União, dos estados e dos municípios.

Em nota, a Secretaria Geral da Presidência da República destaca que o texto sancionado proíbe a aplicação de recursos públicos para pagamento por serviços ambientais a pessoas físicas e jurídicas inadimplentes.

O pagamento por esses serviços também dependerá da verificação e comprovação das ações implementadas. O regulamento definirá as cláusulas essenciais para cada tipo de contrato de pagamento por serviços ambientais.

A Secretaria Geral informou que foram feitos vetos ao texto aprovado pelo Congresso. Dois dos artigos vetados são relativos a incentivos tributários a serem concedidos pelo Poder Executivo. Como justificativa para o veto, o governo destaca que se trata de renúncia de receita, sem apresentação de estimativa de impacto financeiro-orçamentário.

“A sanção presidencial concretiza uma melhor operacionalização dos pagamentos por serviços ambientais, o que significa evolução da política ambiental brasileira, privilegiando o princípio do provedor-recebedor e, assim, poder colaborar com a coletividade para a consecução do direito fundamental ao meio ambiente ecologicamente equilibrado”, diz a nota divulgada.

Compartilhe
Continue Lendo

Agricultura

Arroba do boi gordo pode atingir R$ 300 nesta semana, diz consultoria

Publicado há

-

Alta na arroba é explicada pela pressão de oferta no Brasil, além da menor produção a nível mundial, afirma analista de mercado

De acordo com a Consultoria Agrifatto, a tendência é de que a arroba do boi atinja R$ 300 até o fim desta semana. Diante da oferta restrita de animais e exportações aquecidas, as indústrias têm desembolsando maiores valores para preencher as escalas de abate que seguem em níveis baixos.

Segundo o analista de mercado, Yago Travagini, mesmo com uma sazonalidade em um período de menor demanda, a alta no preço se explica pela pressão de oferta. “O animal gordo deixou de ser ofertado, o que deixou o mercado com uma maior pressão. Diante do cenário temos preços cada vez mais firmes, com boi a voltando a ser valorizado”, explica.

A oferta reduzida, segundo Travagini, é implicada por um período de produção menor em alguns players, como Brasil e Uruguai e Austrália. Isso, em conjunto com a alta demanda da China, levam os preços para o alto. “A China vem com um apetite muito grande. Ela voltou a comprar muita carne bovina, elevando a demanda interna mundial a patamares inéditos”, afirma o analista.

Para os próximos seis meses, a previsão é de que a disponibilidade no mercado interno melhore, mas ainda é preciso que o pecuarista tenha atenção nos movimentos de oferta, alerta Travagini.

13 de janeiro de 2021 às 20h00
Por Canal Rural

Compartilhe
Continue Lendo

Agricultura

Alto Paraiso : Confira a tendência para o preço da soja em 2021

Publicado há

-

Confira a tendência para o preço da soja em 2021

O preço da oleaginosa, que iniciou o ano cotado a R$ 87 por saca, chegou a subir 89% até o fim de novembro de 2020 e vai fechar perto de R$ 153 

Assim como no milho, a soja brasileira teve um ano de 2020 diferenciado. O preço da oleaginosa começou o ano cotado a R$ 87 por saca, chegou a subir 89% até o fim de novembro e deve terminar o ano com o valor médio de R$ 153.

“Apesar de viver situação semelhante ao milho no cenário interno, o ambiente externo que a soja vive neste momento se mostra bem diferente. Isso por que, puxado por um estoque final nos EUA extremamente enxuto (pouco mais de 4 milhões de toneladas), e uma demanda externa que evolui de maneira acelerada, o preço da oleaginosa em Chicago já supera os US$ 12,30 por bushel, batendo na máxima dos últimos 30 meses”, afirmou a consultoria em nota.

Soja em 2021

Com estoques globais enxutos e câmbio acima dos R$ 5, a perspectiva do mercado é de que a soja brasileira continue valorizada acima dos R$ 120 por saca em grande parte do país, mesmo após o inicio da colheita no país, que deve ganhar força a partir de fevereiro de 2021.

“A consolidação desse patamar de preços para a soja brasileira pode ter ainda mais sustentação se acompanhada de qualquer problema produtivo (clima ainda incerto) que venha a acontecer.”

Fonte : canalrural

Compartilhe
Continue Lendo

Agricultura

Veja os preços do boi gordo em Rondônia; arroba já chega a R$ 259

Publicado há

-

 a arroba é vendida por R$ 258.Veja o preço da cotação nas outras cidades.

Por G1 RO

O preço da arroba chegou a R$ 259 ( para pagamento à vista) no interior de Rondônia, de acordo com cotação divulgada nesta semana pela Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO).

R$ 259 é maior valor pago atualmente para o produtor rural e está no município de Ouro Preto do Oeste (entre 23 e 27 de novembro). O segundo melhor preço de mercado está em Porto Velho, onde a arroba custa R$ 258.

Outras cidades de Rondônia também estão vendendo a arroba do boi gordo por mais de R$ 255, como Nova Brasilândia, Alta Floresta e Chupinguaia.

Abaixo, veja os valores da cotação nas principais cidades:

Boi gordo à vista em Rondônia

Município Preço da @
Ji-Paraná R$ 254
Porto Velho R$ 258
Guajará-Mirim R$ 247
Ariquemes R$ 238,62
Jaru R$ 247
Rolim de Moura R$ 245
Ouro Preto do Oeste R$ 259
Costa Marques R$ 247
Cacoal R$ 240
Pimenta Bueno R$ 250
Espigão D’Oeste R$ 250
Vale do Anari R$ 205
Cabixi R$ 254
Corumbiara R$ 252
Alta Floresta R$ 256
Nova Brasilândia R$ 257
Alto Alegre dos Parecis R$ 244,28
Santa Luzia R$ 251

Compartilhe
Continue Lendo

Agricultura

Alto Paraiso : RO Ação Civil Pública, em desfavor do Estado de Rondônia, tramitando atualmente o processo na 4a Vara Cível da Comarca de Ariquemes/RO, sob o número 7026546-20.2019.8.22.0002

Publicado há

-

Alto Paraiso : RO Ação Civil Pública, em desfavor do Estado de Rondônia, tramitando atualmente o processo na 4a Vara Cível da Comarca de Ariquemes/RO, sob o número 7026546-20.2019.8.22.0002

O Município ressalta também que, busca a garantia jurisdicional da construção da ponte, e desta forma, promoveu Ação Civil Pública, em desfavor do Estado de Rondônia, tramitando atualmente o processo na 4a Vara Cível da Comarca de Ariquemes/RO, sob o número 7026546-20.2019.8.22.0002., podendo qualquer cidadão ter acesso, vez que, os autos são públicos.

No caso este processo atrapalha ou ajuda numa possível, conversa, entre Executivo Municipal e Executivo Estadual, para inicio destes trabalhos?

http://www.altoparaiso.ro.gov.br/noticia/geral/nota-de-esclarecimento-ponte-sobre-o-rio-jamari/alto-paraisoro/

Fonte: www.altoparaisonoticias.com.br

Compartilhe
Continue Lendo

Agricultura

Prefeito João Pavan, o vice prefeito Everaldo Gabaldo esteve na última quinta-feira (07/01) na LC-100 TB-0, visitando alguns pontos críticos e de difícil acesso naquela região que precisam de manutenção

Publicado há

-

Prefeito João Pavan, o vice prefeito Everaldo Gabaldo esteve na última quinta-feira (07/01) na LC-100 TB-0, visitando alguns pontos críticos e de difícil acesso naquela região que precisam de manutenção.

O Prefeito João Pavan, o vice prefeito Everaldo Gabaldo esteve na última quinta-feira (07/01) na LC-100 TB-0, visitando alguns pontos críticos e de difícil acesso naquela região que precisam de manutenção.
Com a chegada do período chuvoso algumas regiões ficam com difícil acesso por conta das estradas que acabam ficando de forma intrafegável.
Prontamente a equipe da Secretaria Municipal de Obras (SEMOSP) esteve nesta sexta-feira (08/01) executando os trabalhos de reparos emergenciais com o objetivo de manter a mobilidade na zona rural de Alto Paraíso.
DECOM PMAP

Compartilhe
Continue Lendo

Destaques

× Fale Conosco